a013 - caminhoneiro clt ou autonomo

Caminhoneiro: é melhor ser autônomo ou contratado?

Existe uma pergunta que todo caminhoneiro faz durante sua vida profissional: é melhor ser autônomo ou registrado?

A diferença entre as duas opções se dá pelo vínculo empregatício e todas as decisões que ele traz, desde os rendimentos à organização da jornada de trabalho. A melhor opção vai depender de cada profissional, de sua forma de trabalho e como ela se adéqua às suas prioridades pessoais.

Mas o que torna essas duas rotas tão diferentes e o que elas podem oferecer?

 

Ser  registrado (CLT)

O motorista registrado é aquele que possui o regime de trabalho CLT, exercendo a função de motorista dentro de uma empresa. Sua carteira será assinada, concedendo seus direitos como empregado: 13º salário, férias anuais, entre outros direitos trabalhistas.

Esse modo de trabalho possibilita:

·               Regularidade financeira garantida pelo salário fixo;

·               Jornada de trabalho estabelecida;

·               Preocupação somente com a execução do trabalho;

·               Respaldo da empresa em caso de contratempos em situação de trabalho, como utilização de diárias para descanso, não descontados do valor do pagamento.

 

Indicado quando:

Se você está começando na área, e não possui capital para investimento ou crédito para empréstimo para comprar seu próprio veículo.

Não deseja administrar um negócio, lidar com finanças, gestão de material e prefere focar só na estrada para conquistar seus ganhos financeiros no fim do mês.

Busca estabilidade financeira e rotina de trabalho.

 

Contras:

Você vai cumprir jornada fixas de viagem, sem autonomia para traçar sua própria rota e sem flexibilidade nos horários.  

A média salarial é satisfatória, porém sempre vai depender de variáveis externas como: quanto sua empresa está disposta a pagar, média do mercado local, e não vai depender apenas da sua produtividade e qualidade do serviço.

 

Ser autônomo

Já no regime autônomo, seja como Pessoa Física, seja como Pessoa Jurídica,  você irá prestar serviços para uma ou mais empresas, mas sem vínculo empregatício. Executando tarefas específicas em um prazo determinado. Sendo assim, você é responsável pela parte operacional e administrativa, gerenciando seu trabalho como uma empresa.

Esse modo de trabalho possibilita:

·               Horários flexíveis durante as jornadas diárias;

·               Flexibilidade sobre dias que irá trabalhar;

·               Controle dos tipos de serviço que vai topar

 

Indicado quando:

Possui espírito empreendedor e sempre quis ser dono do próprio negócio. Adquirindo ou alugando seu caminhão, você será responsável por todas as etapas do serviço.

Também é sugerido quando se deseja mais controle sobre quanto, quando e como irá trabalhar. Pois essas decisões, que afetam diretamente sua qualidade de vida e o faturamento possível de se conquistar, são suas.

 

Contras:

Seu dia a dia vai além de ir de um destino ao outro. Envolverá gestão de negócios e preocupações que o CLT não possui. Desempenhando funções a mais que o nome “motorista” sugere, exigindo muita atenção e planejamento.

Como é você quem vai cuidar de seus próprios horários, pode acontecer de, às vezes, ter jornadas maiores do que o normal. Caso isso se torne recorrente, sobra pouco tempo para cuidar da própria saúde. Além disso, algumas atitudes perigosas podem se tornar atraentes, como a utilização de rebite para se manter acordado.

 

O melhor caminho é o seu

Apesar de os caminhoneiros possuírem objetivos em comum, cada profissional tem suas particularidades e motivações que vão determinar o caminho a seguir com o seu contratante. Leve em consideração todos os fatores citados, converse com colegas que trabalhem como pessoa física e como pessoa jurídica.

Independente da sua escolha, você sempre pode contar com o Pamcard como seu meio de pagamento para Vale-abastecimento e Vale-pedágio e, caso você opte por ser autônomo, poderá receber seu pagamento de frete direto no cartão Pamcard sem nenhum custo.

O cartão Pamcard foi eleito o meio de pagamento favorito dos caminhoneiros. É fácil de usar e pode ser usado como cartão de débito em todos os estabelecimentos que aceitam a bandeira Visa.


MMCafé