DER deve divulgar horário de restrição de caminhões no Ferryboat em Novembro

DER deve divulgar restrição de horário de caminhões no ferryboat em novembro

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR) deverá definir no início de novembro os horários para travessia de caminhões pelo ferryboat em Guaratuba.
 
Na segunda-feira (14), o diretor jurídico da Agepar (Agência Reguladora do Paraná), Mauricio Ferrante, enviou e-mail ao deputado estadual Nelson Justus para comunicar que o DER estava contratando consultoria para contagem de tráfego e que com os números e mãos, “poderão, no prazo aproximado de 15 dias, serem ordenados os horários de tráfegos para caminhões”. 
 
O Correio do Litoral.com teve acesso à mensagem que também traz anexa a Portaria nº 405/2013 do DER que dá preferência aos ônibus de linhas e de transporte escolar no embarque no ferryboat. A portaria foi assinada pelo diretor-geral do DER, Nelson Leal Junior, no dia 23 de setembro, logo depois da reunião realizada em Guaratuba com o deputado e a prefeita Evani Justus. Foi publicada no Diário Oficial do Estado do Paraná, nº 9054, de 30/09/2013. Veja abaixo.
 
Busca de solução
 
A limitação de horário para os caminhões tem sido cobrada há tempos pela administração como medida para agilizar a travessia e foi oficializada à Agepar no dia 1º de agosto em ofício entregue pessoalmente pela prefeita. Por se tratar de travessia em uma rodovia estadual, a Pr 412, a normatização referente ao tráfego cabe ao DER.
 
No dia 27 de setembro, o secretário de Governo e Urbanismo de Guaratuba, Carlos Carvalho, discutiu novamente a medida em reunião no DER que contou com a presença do presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (Fetranspar), Sergio Malucelli. O dirigente concordou com a medida mas solicitou que fosse feita uma campanha de orientação às empresas e aos caminhoneiros.
 
O tráfego de caminhões pelo ferryboat tem aumentado mês a mês e chegou ao extremo nos últimos dias. As filas chegaram à avenida Ponta Grossa, que fica a exatos 1.900 metros do porto de embarque.
 
 

MMCafé