Maio Amarelo

Maio Amarelo: As 10 principais causas de acidentes de trânsito

O Movimento Maio Amarelo tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil, com a intenção de colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade.

Dirigir exige constante atenção e disposição do motorista, já que qualquer deslize no volante pode ter graves consequências. A melhor maneira de evitar acidentes é respeitar as normas de trânsito e ter prudência, como não pegar a estrada sob o efeito de medicação e sempre realizar testes regulares de saúde.

Porém não basta apenar manter-se saudável e atento. É preciso também evitar alguns hábitos adquiridos na estrada que podem trazer sérias consequências. Confira agora os mais comuns:

 

  1. Excesso de velocidade: Os condutores acabam acelerando além do limite na via com a pressa causada pela rotina diária.

 

  1. Esquecer o cinto de segurança: Apesar do uso obrigatório, muitos negligenciam seu uso principalmente nos bancos traseiros.

 

  1. Uma mão no volante: Apesar de parecer inofensivo, ao dirigir com apenas uma das mãos qualquer descuido pode levar a perda do controle do veículo.

 

  1. Mudança repentina de faixa e pouca distância de veículos: Na pressa, motoristas podem mudar de faixa ou fazer manobras muito bruscas sem pensar em quem segue atrás, como também quem está à frente. É importante manter sempre uma distância segura de outros veículos na via. Dirigir sempre com calma, calculando possíveis imprevistos e assim prevenir colisões e acidentes.

 

  1. Excesso de Cargas: Veículo pesado demais? Também não pode! O caminhão tem que estar dentro do especificado para que seu desempenho não seja abaixo do esperado. Além de ser ilegal, pode também piorar as condições das estradas, principalmente em trechos mais precários.

 

  1. Descumprimento da Lei dos Caminhoneiros: Em abril de 2012, foi instaurada a Lei que regulamentou a profissão de motorista e, em 2015, ela foi atualizada. Cumprir as regras que falam de repouso semanal, jornada de trabalho, intervalos obrigatórios, entre outras situações defendidas na legislação são fundamentais para guiar bem pelas rodovias.

 

  1. Uso do celular: Atender, falar ou digitar ao telefone celular no veículo, mesmo utilizando o viva-voz, reduz a concentração do condutor.

 

  1. Consumir bebidas alcoólicas: Além de ser proibido, o consumo de álcool diminui a percepção do perigo, retarda os reflexos, provoca sonolência e coloca em risco a vida do condutor e de outras pessoas no trânsito.

 

  1. Não observar a via: Dirigir sem prestar atenção nas características da estrada, como curvas, número de faixas, tipos de pavimentação e lombadas, pode levar a acidentes.

 

  1. Falta de revisão do veículo: Problemas como pneus gastos, freios em más condições, folga de direção e suspensão empenada podem se tornar muito perigosos em condições encontradas na estrada. É importante sempre manter o veículo revisado.

 

A segurança no trânsito é fundamental. Por isso, não adotar comportamentos que ponham em risco a sua vida, a de outros motoristas, de passageiros e de pedestres deve ser a meta de cada um. Mais gentileza e mais tolerância no trânsito para que a convivência na estrada seja harmoniosa e segura para todos.

 

Fontes: Iveco, O Carreteiro e Portal Maio Amarelo


É uma empresa homologada pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres)

como Administradora de Meios de Pagamento para Frete e Vale-Pedágio. Através do Sistema Pamcard, oferece a mais completa solução de pagamento eletrônico incluindo o Vale-Abastecimento e as despesas de viagem.

A Roadcard Soluções Integradas em Meios de Pagamento S/A foi criada em 2011.

Contato

  • Avenida Chedid Jafet 222 - Edifício Millenium - Bloco B, Conj.11 - 1º Andar – SP Caixa Postal 12.345 - São Paulo/SP - CEP 04551-065 - Vila Olímpia
  • sac.pamcard@roadcard.com.br
  • 0800 726 2279

MMCafé