Motoristas que tiverem 20 pontos na carteira poderão ficar 6 meses sem habilitação

Motoristas que tiverem 20 pontos na carteira poderão ficar 6 meses sem habilitação

O condutor que somar 20 pontos na carteira de motorista no período de um ano, pode ficar proibido de dirigir por mais tempo. A partir do dia 1º de novembro, a suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) será de seis meses (180 dias), podendo ser estendida para até oito meses (240 dias) em casos de reincidência. Hoje em dia, a proibição é de 30 dias.

Além do aumento no prazo de suspensão da CNH, conforme o Blog do Caminhoneiro, a alteração no CTB (Código de Trânsito Brasileiro) também se refere ao valor das multas, que ficarão até 66% mais caras, podendo variar entre R$ 88,38 e R$ 293,47. Ainda de acordo com o Blog do Caminhoneiro, o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) as mudanças de todas as modalidades de multas previstas em lei estão de acordo com a inflação do período de outubro/2000 a abril/2016. 

As infrações leves abrangem dirigir sem os cuidados indispensáveis de segurança, estacionar a 50cm do meio-fio ou no acostamento e parar na faixa de pedestres. Para estas, o novo valor a ser pago será de R$ 85,13. Além das citadas acima, a multa leve também pune quem estaciona o veículo em pontes, viadutos e na contramão, ultrapassa pela direita ou transita com velocidade inferior a metade da máxima permitida no local.

Já evasão de pedágio, não dar preferência a pedestre e transitar com velocidade de 20% a 50% superior ao permito são consideradas infrações graves. Nestes casos, as multas passarão a ser R$ 195,23.

Com o novo valor de R$ 293,47, as infrações gravíssimas penalizam o condutor com a perda de 7 pontos na CNH. Elas abrangem dirigir sem habilitação, permissão para conduzir, apostar corridas mais. Para consultar todas as infrações e suas penalidades consulte a tabela do CTB.

 

Fonte: Blog do Caminhoneiro


MMCafé