A008 - perigos do rebite

Os perigos do rebite

Conheça os efeitos e os riscos do “rebite”

Conhecida popularmente como rebite, a anfetamina é uma substância utilizada pelos caminhoneiros para aumentar o número de horas na estrada, seja para cumprir prazos apertados, seja para executar mais transportes de cargas. Porém os males e danos que o uso do rebite traz ao caminhoneiro trazem sérios riscos a sua própria vida e também para todos na estrada.

 

Essa substância atua no sistema nervoso central, fazendo o cérebro trabalhar mais rápido. Isso causa uma falsa impressão da diminuição da fadiga. Essa impressão é causada pela capacidade em executar uma mesma tarefa por mais tempo. Além disso, a anfetamina reduz o apetite e aumenta a capacidade física e mental. Essa mistura de sensações faz com que a pessoa perca parcialmente os reflexos – algo que pode ser fatal ao volante.

 

No entanto, o cansaço ainda está lá. Assim, uma outra dose ainda maior é necessária para continuar trabalhando. O organismo está cansado e uma dose similar à anterior não obteria o mesmo efeito.

Isso faz o usuário desse tipo de medicamentos entrar num ciclo de dependência da substância: quem começa usando 1 a 2 comprimidos/dia, logo está usando 20 dessas doses todos os dias.

 

O abuso da substância, ou seja, a utilização exacerbada gera alterações de humor como: irritação, agressividade e depressão, além de reduzir a coordenação motora e levar ao usuário a ter delírios persecutórios.

 

Segundo o Ambulatório de Dependência Química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), três em cada 10 caminhoneiros usam regularmente rebites e anfetaminas para circular insones por horas a fio pelas estradas brasileiras. É um dado alarmante, pois o resultado de pressa, caminhoneiros cansados e drogas estimulantes são acidentes. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, de cada 100 acidentes em estradas, 37 envolvem carretas.

 

Confira os efeitos provocados pelo uso do rebite:

  • Dilatação das pupilas
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Aumento de batimento cardíaco e de pressão arterial
  • Nariz e boca ressecados
  • Perda de apetite
  • Ansiedade
  • Problemas gástricos
  • Inquietação motora
  • Sensações de pânico
  • Lesões irreversíveis no cérebro
  • Visão desfocada

 

A prática de utilizar o rebite representa um perigo ao motorista e a todos na estrada. Seu uso pode ser evitado com um planejamento de viagens e trabalhos para manter um equilíbrio saudável entre vida pessoal e profissional.

 

Fontes:

ITnet


MMCafé