A018 - Queimadas

Queimadas nas estradas: o que o caminhoneiro pode fazer

Ao longo dos meses de inverno ocorre o período de estiagem, em que a falta de chuvas e o clima seco deixam a vegetação suscetível às queimadas. Durante este período, qualquer indício de calor, como bitucas de cigarro e fósforos, pode iniciar o fogo, que se alastra facilmente na região próxima à estrada, trazendo danos ao meio ambiente e ameaçando a segurança dos motoristas.

 

Um dos principais fatores de risco é a fumaça, que causa transtornos respiratórios e diminui a visibilidade do condutor, aumentando as chances de acidentes – entre os mais comuns, a colisão traseira. Por isso, nos casos em que a visibilidade esteja muito comprometida, o aconselhável é que o caminhoneiro evite parar no acostamento e procure um lugar seguro, como um posto de combustível, para aguardar enquanto o fogo é controlado pelos bombeiros.

 

Principais fatores para as queimadas

Dentre os principais agentes causadores de queimadas nas rodovias estão as pontas de cigarro atiradas pelas janelas dos veículos – o clima e a vegetação seca permite que o fogo se espalhe rapidamente. O lixo depositado de forma irregular, como madeira, sacos plásticos, vidro, latinhas de metal, entre outros, também pode servir de combustível para o calor e aumentar o risco de incêndio.

 

Outra causa muito comum é a queimada dos terrenos feita pelos moradores das redondezas, já que muitos utilizam o fogo para fazer a limpeza da região. Queima de lixo, queda de balões acesos, fogueiras e queimadas irregulares para fins agrícolas são outros fatores que causam foco de incêndio nas estradas.

 

Como proceder ao perceber sinais de queimada

Para garantir a sua segurança e a de outros motoristas, fique atento a essas dicas da Confederação Nacional dos Transportes (CNT):

 

  • Feche os vidros do veículo, para evitar a inalação da fumaça;
  • Redobre a atenção: a fumaça reduz a visibilidade;
  • Diminua a velocidade do caminhão, já que a fuligem da queimada diminui a aderência dos pneus ao solo;
  • Procure manter distância do veículo da frente, para evitar colisões;
  • Trafegue com o farol baixo aceso;
  • Não ligue o pisca alerta com o caminhão em movimento;
  • Não pare próximo à fumaça, pois seu veículo pode não ser visto por outros motoristas e causar acidentes.

 

Ao avistar um foco de incêndio, avise as autoridades

O caminhoneiro pode ajudar na identificação de queimadas, avisando as autoridades o mais rápido possível. Por isso, tenha sempre à mão os telefones do Corpo de Bombeiros (193), da Guarda Municipal (153) e das Brigadas de Combate a Incêndios Florestais.

 

Para denunciar uma queimada criminosa, ligue para a CNT no número 0800 728 28 91 ou para o IBAMA, através do número 0800 61 8080.

 

Dicas para evitar queimadas

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, as queimadas podem ser evitadas tomando as seguintes medidas:

 

  • Não lance pontas de cigarros na estrada ou em grandes avenidas, pois a vegetação se incendeia com facilidade, principalmente devido à baixa umidade do período de estiagem;
  • Não jogue lixo na rua, principalmente vidro e latinhas de metal que podem se aquecer ao sol e originar queimadas;
  • Não queime lixo sem autorização. Caso precise realizar alguma queimada controlada, peça autorização ao Instituto Estadual de Florestas (IEF) e não faça queimadas em horário de sol quente e ventos fortes;
  • Não solte balões. Além de crime, é uma atividade perigosa. O balão pode cair aceso em florestas, casas e indústrias, causando prejuízos, ameaças ao meio ambiente e colocando em risco a vida das pessoas.

 

O que fazer para ajudar

Como dito anteriormente, acionar autoridades como o corpo de bombeiros é a atitude mais responsável a ser tomada caso o condutor se depare com um foco de incêndio na estrada. Em nenhuma hipótese é recomendado que se tente apagar o fogo sozinho. Lembre-se: o combate é mais difícil que a prevenção; por isso, faça a sua parte para evitar as queimadas nas estradas e não deixe de alertar os companheiros que estão agindo errado.

 

Para maiores informações, não deixe de acessar a cartilha “Queimadas, o que fazer?”, produzida pela Confederação Nacional do Transporte (aqui).

 


É uma empresa homologada pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres)

como Administradora de Meios de Pagamento para Frete e Vale-Pedágio. Através do Sistema Pamcard, oferece a mais completa solução de pagamento eletrônico incluindo o Vale-Abastecimento e as despesas de viagem.

A Roadcard Soluções Integradas em Meios de Pagamento S/A foi criada em 2011.

Contato

  • Avenida Chedid Jafet 222 - Edifício Millenium - Bloco B, Conj.11 - 1º Andar – SP Caixa Postal 12.345 - São Paulo/SP - CEP 04551-065 - Vila Olímpia
  • sac.pamcard@roadcard.com.br
  • 0800 726 2279

MMCafé