A020 - Segurança

Roubo de cargas: como sua empresa pode aumentar a segurança em transportes rodoviários?

O roubo de cargas é um problema que cada vez mais preocupa as transportadoras e os caminhoneiros. O Brasil aparece na oitava posição do ranking dos países mais perigosos para o transporte de cargas. E, a região Sudeste, concentra o maior número de ocorrências – Rio de Janeiro e São Paulo representam 87,7% dos registros de 2016, segundo levantamento realizado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Entre os anos de 2011 e 2016, os prejuízos no país ultrapassaram a marca de R$6 bilhões.

Por conta disso, as transportadoras procuram investir cada vez mais nos setores de segurança. Hoje, com o avanço da tecnologia, já existem softwares e sistemas informatizados que oferecem recursos para auxiliar na prevenção deste tipo de transtorno.

Listamos abaixo, algumas medidas que as empresas podem tomar para aumentar a segurança durante o transporte rodoviário.

Utilize o Telerisco e conheça o motorista que irá contratar

Você se sentiria confortável a entregar sua carga a um motorista que não conhece?

É essencial saber quem é o profissional que está sendo contratado para realizar o frete. São muitos os riscos relacionados a sua escolha que incluem: habilidade de condução, histórico de transportes de cargas e outras referências de trabalho que podem ser mitigados com o Telerisco da Pamcary, um banco de dados que conta com mais de 2 milhões e 400 mil registros com informações sobre motoristas e veículos de carga.

O sistema tem atualização permanente e está disponível 24 horas por dia, sendo utilizado por mais de 5 mil terminais de cargas de transportadoras e embarcadores, operadores logísticos, seguradoras, postos de combustível e instituições financeiras. Através dele, é possível encontrar e contratar  com facilidade o motorista que possui o perfil mais adequado ao tipo de mercadoria a ser transportada, garantindo maior segurança para a empresa.

 

Planeje uma rota

O planejamento é uma das melhores maneiras de prevenir imprevistos. Antecipar o plano de rota de uma viagem, mapeando as rotas críticas, faz com que os motoristas não transitem por locais desconhecidos ou com alto índice de periculosidade. No mercado, estão disponíveis softwares capazes de traçar as melhores rotas. Dessa forma, a empresa pode não apenas restringir as rodovias mais perigosas como também pensar previamente em medidas que tornem o transporte menos inseguro, como o uso de escoltas em trechos específicos.

Um bom planejamento deve incluir ainda as paradas para abastecimento e alimentação a serem feitas pelos caminhoneiros, dando preferência aos locais conhecidos e de maior movimento. Caso seja possível, delimitar horários para evitar que a carga seja transportada durante a noite, também ajuda a diminuir a exposição dos motoristas aos riscos de furto e roubo.

 

Rastreie

O rastreamento do veículo é uma medida de segurança muito importante. Ele pode ser feito através de rastreadores via satélite, permitindo que o caminhão seja monitorado em tempo real durante todo o seu trajeto. Dentre as muitas vantagens que essa medida oferece, podemos listar:

  • O monitoramento constante do deslocamento, que permite analisar se o planejamento de rotas está sendo cumprido e identificar paradas não previstas;
  • A localização imediata do veículo, possibilitando que a empresa possa oferecer apoio imediato aos motoristas em caso de ocorrências;
  • Intervenções remotas, como o bloqueio no fornecimento de combustível, caso seja identificada movimentação anormal do caminhão.

Outra maneira eficaz de se fazer o rastreamento é através do uso de câmeras instaladas no veículo, que auxiliam na identificação dos responsáveis pelas ocorrências e permitem a avaliação do comportamento dos motoristas.

 

 

Treine os motoristas para situações de risco

Motoristas são os profissionais que lidam diretamente com os perigos do transporte de carga nas estradas e, por isso, é imprescindível que estejam preparados para saber quais medidas devem ser tomadas em situações de risco. Por essa razão, é importante que a empresa invista em treinamentos regulares que vão ajudar a reduzir o risco de ocorrências. Estes treinamentos podem oferecer:

  • Noções de direção defensiva;
  • Simulações dos mais variados incidentes, para que os caminhoneiros estejam capacitados a agir adequadamente durante um imprevisto;
  • Orientações sobre a importância de seguir o planejamento de rotas e de reportar imediatamente qualquer ocorrência;
  • Informações a respeito de ameaças e regiões mais perigosas para transitar;
  • Palestras abordando medidas preventivas contra roubos e assaltos e prevenções de acidentes.

Uma dica importante é que os treinamentos sejam realizados toda vez que o quadro de colaboradores for alterado.

 

Cuide do caminhão

Além das revisões e manutenções regulares, é fundamental realizar inspeções nos veículos antes de cada viagem. É importante conferir itens como limite de peso, excesso de carga, calibragem dos pneus, freios, nível do óleo e do combustível, e não deixar de realizar a checagem de todos os itens de segurança do automóvel. Um caminhão com a manutenção em dia corre menos risco de sofrer acidentes e de apresentar problemas mecânicos no meio da estrada, ficando menos vulnerável a roubos e assaltos.

 

Fonte consultada: CargoX

 


É uma empresa homologada pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres)

como Administradora de Meios de Pagamento para Frete e Vale-Pedágio. Através do Sistema Pamcard, oferece a mais completa solução de pagamento eletrônico incluindo o Vale-Abastecimento e as despesas de viagem.

A Roadcard Soluções Integradas em Meios de Pagamento S/A foi criada em 2011.

Contato

  • Avenida Chedid Jafet 222 - Edifício Millenium - Bloco B, Conj.11 - 1º Andar – SP Caixa Postal 12.345 - São Paulo/SP - CEP 04551-065 - Vila Olímpia
  • sac.pamcard@roadcard.com.br
  • 0800 726 2279

MMCafé