A017 - Problemas de Coluna

Saúde do caminhoneiro em foco: evitando problemas de coluna

Os caminhoneiros têm uma profissão que exige longas horas na direção e, muitas vezes, o manuseio de objetos pesados.  Por isso, precisam manter atenção dobrada com sua saúde, a fim de evitar o desgaste físico. É sabido que a falta de tempo e o cansaço levam alguns motoristas a negligenciar os cuidados com o corpo, mas as consequências dessa negligência podem ser preocupantes.  Segundo um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), 16% dos condutores de veículos de carga sofrem com dores na coluna. Muitos deles se queixam de dores lombares, fraqueza, inchaço e sensação de peso nas pernas, sinais de problemas que, caso não sejam tratados adequadamente, podem levar ao afastamento temporário e até mesmo definitivo da função.

Dentre os principais problemas de coluna apresentados por caminhoneiros estão as dores musculares, a lombalgia (dores causadas por lesões na coluna) e a LER (Lesão por esforço repetitivo – síndrome constituída por doenças como tendinite e bursite, entre outras, que afeta os músculos, nervos e tendões, provocando dor e inflamação).

 

 

Causas para as lesões na coluna em motoristas

A lombalgia e a LER são causadas por mecanismos de agressão que incluem movimentos repetitivos, força desproporcional à capacidade do indivíduo (como carregar objetos muito pesados), estresse e postura inadequada. Outras causas comuns vão desde a falta de atividade física até ao design inapropriado do veículo. Veja a seguir as principais causas para lesões na coluna em motoristas:

·               Má postura;

·               Longas horas na direção;

·               Esforço desproporcional;

·               Sedentarismo, principalmente se aliado à obesidade;

·               Exposição à vibração;

·               Inclinação e rotação excessiva do tronco;

·               Banco inapropriado;

·               Pedais não condizentes com a poltrona;

·               Painel e volante não compatíveis com a postura da poltrona;

·               Veículo com rodas duras e direção mecânica, que exigem maior esforço nas manobras;

·               Falta de pausas para relaxamento e alongamento.

 

O que fazer para evitar as dores na coluna

Para evitar o surgimento de danos na coluna, o caminhoneiro deve prestar atenção à estes três itens: manter uma postura correta ao dirigir, garantir que seu veículo esteja em condições adequadas e praticar exercícios físicos regulares, não se esquecendo de fazer alongamento durante as viagens.

 

 

 

 

Mantendo a boa postura

Segundo o Manual de Direção Defensiva, divulgado pelo CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito), as medidas que devem ser tomadas para manter a boa postura ao dirigir são:

·               Dirigir com os braços e pernas ligeiramente dobrados, para diminuir as chances de lesões;

·               Apoiar bem o corpo no assento e no encosto do banco o mais próximo possível de um ângulo de 90 graus;

·               Ajustar o encosto de cabeça de acordo com a altura do ocupante, de preferência na altura dos olhos;

·               Manter os calcanhares apoiados no assoalho do veículo;

·               Evitar apoiar os pés nos pedais quando não os estiver usando.

O manual pode ser acessado integralmente aqui.  Além disso, outras dicas incluem:

·               Manter as mãos retas no volante e segurá-lo com as duas mãos, na posição dos ponteiros do relógio marcando 9 horas e 15 minutos, para que seja possível enxergar o painel e acessar os comandos do veículo;

·               Ter o cuidado de manter o braço em uma posição confortável ao trocar a marcha, não deixando que fique nem muito esticado nem muito flexionado;

·               Manter as pernas semiflexionadas ao descansar, para melhor circulação sanguínea;

·               Usar calçados bem fixos aos pés, para que os pedais sejam acionados rapidamente e com segurança;

·               Ajustar o cinto de segurança firmemente sobre o peito, nunca sobre o pescoço;

·               Manter uma posição de forma que consiga enxergar bem as informações do painel, se lembrando de também ajustar os espelhos de forma a garantir uma boa visualização sem necessidade de inclinação do corpo.

 

 

Veículo com design adequado

Os veículos mais antigos podem não garantir um ambiente favorável para que o motorista mantenha a boa postura durante a viagem. O ideal é que o caminhoneiro se certifique de que o seu veículo possua:

·               Poltrona com encosto e assento ajustáveis: as alturas do encosto e do assento devem manter um ângulo de 100º entre um e outro. Eles devem ser construídos por um material denso, com amortecedores para absorção de impactos.

·               Apoio bilateral para os braços;

·               Encosto da cabeça capaz de limitar os movimentos bruscos. O encosto permite que haja uma distribuição do peso da cabeça entre o pescoço e o encosto, evitando a sobrecarga da coluna cervical e ombros.

 

Alongamento e atividade física

Para evitar o desgaste físico, o ideal é que o caminhoneiro procure se alongar a cada duas horas, ou sempre que possível, e faça caminhadas ao redor do veículo.

Para auxiliar os condutores na prática do alongamento, sugerimos este Manual de ergonomia e ginástica laboral para motoristas preparado pela Mercedes-Benz, que pode ser acessado clicando aqui.

Outra dica importante é fazer atividades físicas regularmente, já que o exercício fortalece os músculos e diminui a dor. Como nem todas as atividades são recomendadas para todas as pessoas, o motorista que sofre com dores não deve deixar de consultar um ortopedista para saber qual a atividade mais indicada para o seu caso.


É uma empresa homologada pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres)

como Administradora de Meios de Pagamento para Frete e Vale-Pedágio. Através do Sistema Pamcard, oferece a mais completa solução de pagamento eletrônico incluindo o Vale-Abastecimento e as despesas de viagem.

A Roadcard Soluções Integradas em Meios de Pagamento S/A foi criada em 2011.

Contato

  • Avenida Chedid Jafet 222 - Edifício Millenium - Bloco B, Conj.11 - 1º Andar – SP Caixa Postal 12.345 - São Paulo/SP - CEP 04551-065 - Vila Olímpia
  • sac.pamcard@roadcard.com.br
  • 0800 726 2279

MMCafé