Roubos de cargas pequenas aumentam na região de Campinas

Roubos de cargas pequenas aumentam na região de Campinas

Os roubos de cargas nas estradas na região de Campinas tornaram-se mais recorrentes e preocupantes desde 2014, porém nos primeiros meses deste ano a atenção das quadrilhas especializadas voltou-se para cargas menores e caminhões com menos segurança.

Ronei Barbosa Lima, responsável pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG), afirmou ao Portal NTC que em consequência dos investimentos em segurança por parte das grandes empresas, as quadrilhas passaram a ver transportadores menores como um alvo mais fácil.

Dados as Secretaria de Segurança Pública (SSP) mostram que os casos de roubo de carga aumentaram 17,5% apenas nos cinco primeiros meses do ano. Em março houve o maior aumento (em relação a 2015), de 2,55%, no estado de São Paulo.

Na primeira semana deste mês, assaltantes tentaram se apropriar de cargas de bicicletas e eletrônicos de dois caminhões em Campinas, durante a ação foram abordadas duas carretas na Rodovia Adalberto Panzan (SP-102), uma delas foi encontrada abandonada no acostamento, enquanto a outra estava na Rodovia dos Bandeirantes (SP-348). Os suspeitos tentaram desinstalar o equipamento de rastreio, porém não obtiveram sucesso e fugiram por uma linha de trem.

De acordo com o site Portal NTC, a Polícia Civil de Campinas está desenvolvendo investigações para identificar quadrilhas e autores especializados neste tipo de crime. O portal também destaca que a Polícia Rodoviária está mapeando os pontos principais e intensificou o patrulhamento para reduzir esse tipo de ação. Além do aumento da patrulha, o instituto de tecnologia avançada Wernher Von Braun, também de Campinas, desenvolveu um chip que promete combater roubos de carga e fraudes, rastreando as mercadoras desviadas.

 

Fontes: Portal NTC e Secretaria de Segurança Pública de São Paulo


MMCafé